Amadurecer.


Certos momentos excepcionais merecem atenção.
Pela manhã pássaros famintos vêm até a minha porta em busca de migalhas de pão.
Uma vida boa, somente prazeres dignos...
E sempre criando alguns costumes.
Gosto de beijos
E também de abraços.
Meu melhor hábito foi escolher amar.
Minha pior escolha foi lhe deixar.
Nos primeiros erros,
meus pés doeram.
Naufraguei nos meus deslizes,
agora arrumei todos os desejos.
E impressiono-me com antigos desesperos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mente cinzenta: O mal entre instintos e consciência.

O infinito corredor

A melhor parte de mim.