Da busca

Se queres desbravar o desconhecido, não temas perder-se durante o caminho
Porque a carne certamente cederá, então, logo terás que lutar contra teus próprios medos.
Não pense na fuga quando estiveres aflito, porque nascerás novamente ao encontrar o que buscas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O infinito corredor

Mente cinzenta: O mal entre instintos e consciência.

A melhor parte de mim.