Exume um poeta

Quando todos quiserem falar da procedência dos amantes,
explicar a ausência de razão...
Então tudo não estará acabado, 
pois há uma luz no fim do túnel.
-Exume um poeta, 
estude toda a sua erva e não se esqueça de lhe perguntar...
-Amar faz bem?
Então, esse descansado brevemente o responderá:
-Morri de tanto amar!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mente cinzenta: O mal entre instintos e consciência.

O infinito corredor

A melhor parte de mim.